Bill Crepaldi será sepultado nesta tarde em Cataguases

Bill Crepaldi será sepultado nesta tarde em Cataguases

O advogado cataguasense, Wilson Crepaldi Júnior, mais conhecido como Bill, faleceu nesta madrugada de segunda-feira, 22 de novembro, no Hospital Monte Sinai, em Juiz de Fora, aos 64 anos de idade. Ele foi venerável da Loja Maçônica Cataguazense e provedor do Hospital de Cataguases (2015/18). Era casado com Maria Tereza Peixoto Crepaldi com quem teve dois filhos. Seu corpo será velado naquela Loja Maçônica a partir das 12h e o sepultamento vai acontecer às 16h30min no Cemitério São José, em Cataguases. Continue lendo Bill Crepaldi será sepultado nesta tarde em Cataguases


Ex-vereador Mauro Ruela será sepultado à tarde, em Cataguarino

Ex-vereador Mauro Ruela será sepultado à tarde, em Cataguarino

O ex-vereador Mauro de Oliveira Ruela, 54 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira, 24 de setembro, no Hospital de Cataguases, por complicações decorrentes da Covid-19. Divorciado, deixa um filho e dois netos. O presidente da Câmara Municipal de Cataguases, vereador Felipe Ramos, e o prefeito José Henriques, decretaram luto oficial de três dias. Continue lendo Ex-vereador Mauro Ruela será sepultado à tarde, em Cataguarino


A música de Cataguases perde um de seus expoentes: Agenor Ladeira

A música de Cataguases perde um de seus expoentes: Agenor Ladeira

O cantor, compositor e pianista Agenor Ladeira de Andrade, faleceu no final da tarde desta quarta-feira, 31 de março, aos 62 anos de idade, no Hospital de Cataguases onde estava internado, vítima de Covid-19. Ele deixa viúva Silvia Ribeiro e os filhos, Camila, Felipe, Guilherme e Murilo, além de um grande vazio na música de Cataguases e região. Continue lendo A música de Cataguases perde um de seus expoentes: Agenor Ladeira


Morre aos 97 anos, Geraldo Morais, fundador do Supermercado Morais

Morre aos 97 anos, Geraldo Morais, fundador do Supermercado Morais

O Site do Marcelo Lopes junta-se aos parentes e amigos da Família Morais, para manifestar sua profunda tristeza e consternação pelo falecimento neste sábado, 20 de março, de um dos ícones do empreendedorismo de Cataguases e região, Geraldo Morais, aos 97 anos de idade. Continue lendo Morre aos 97 anos, Geraldo Morais, fundador do Supermercado Morais


Morre o jornalista Nelson Filho, proprietário do jornal Minas & Gerais

Morre o jornalista Nelson Filho, proprietário do jornal Minas & Gerais

Morreu na manhã desta terça-feira, 09 de março, em Muriaé, o jornalista Nelson Filho, aos 56 anos de idade. Nascido no Rio de Janeiro, escolheu Cataguases para viver. Ele deixa viúva Nilceia Teixeira. Desde o final do ano passado Nelson tratava um câncer e havia cerca de um mês que estava internado, em Muriaé, onde faleceu no final desta manhã. O sepultamento será no Cemitério São José, em Cataguases, provavelmente na manhã desta quarta-feira, 10, mas esta informação não havia sido confirmada até o encerramento deste texto. Continue lendo Morre o jornalista Nelson Filho, proprietário do jornal Minas & Gerais


Cataguases perde a professora e folclorista Yone das Neves Peixoto

Cataguases perde a professora e folclorista Yone das Neves Peixoto

Faleceu no início da tarde deste sábado, 02 de janeiro de 2021, a professora aposentada Yone Maria Fonseca das Neves Peixoto, aos 97 anos de idade, de causas naturais. Ela foi casada com o saudoso advogado e ex-diretor do Colégio Cataguases, Manoel das Neves Peixoto com quem teve três filhos, Manoel Filho, Inácio e Gustavo. Seu velório vai acontecer na Capela do Cemitério Municipal São José, das 10h ao meio dia deste domingo, 03, e, em seguida, ocorrerá seu sepultamento. Continue lendo Cataguases perde a professora e folclorista Yone das Neves Peixoto


Professor Ady Resende será sepultado nesta quarta-feira, 18

Professor Ady Resende será sepultado nesta quarta-feira, 18

Morreu nesta terça-feira, 17 de setembro, em Muriaé onde estava internado, o professor Ady Pereira de Resende, aos 93 anos de idade. Nascido em Turiaçu, localidade entre Cataguases e o distrito de Aracati, veio para a cidade ainda criança após seus pais venderem parte da propriedade em que moravam para a Companhia Industrial Cataguases. Mesmo quando residia na roça, como gostava de chamar o lugar onde nasceu, contou em entrevista ao projeto “Memória e Patrimônio Cultural de Cataguases”, em 2014, que estudava no Coronel Vieira e fazia o percurso de aproximadamente nove quilômetros à pé. Teve uma infância feliz, como definiu, “com brincadeiras que hoje não existem mais”, acrescentou. Continue lendo Professor Ady Resende será sepultado nesta quarta-feira, 18