Chuva forte alaga ruas de Ubá na tarde desta sexta-feira, 24

Chuva forte alaga ruas de Ubá na tarde desta sexta-feira, 24

A forte chuva que caiu em Ubá durante toda esta sexta-feira, 24 de janeiro, com maior intensidade na parte da tarde, provocou o alagamento de sua principal rua, a Avenida Beira Rio, entre outras vias públicas. O ribeirão Ubá, transbordou  e deixou algumas ruas intransitáveis. Também choveu forte em Guidoval e em Astolfo Dutra. Os rios de todas estas três cidades escoam suas águas para o rio Pomba que passa em Cataguases onde também choveu intensamente ao longo de todo o dia. Até o fechamento desta matéria, porém, o rio Pomba estava com quase 4 metros de altura, portanto ainda sem apresentar risco de transbordamento o que só ocorre a partir dos 5,5 metros, conforme informou a Defesa Civil.

O vice-prefeito Tita Lima (foto ao lado), falou por telefone com o Site do Marcelo Lopes pouco antes do fechamento desta matéria e afirmou que não há previsão de que o rio Pomba saia de sua caixa esta noite. Segundo ele o risco disso acontecer é na manhã deste sábado, 25, quando a água vinda de Ubá, Guidoval e Astolfo Dutra chegarão à Cataguases. Por enquanto ele, juntamente com o prefeito Willian Lobo e a Defesa Civil, seguem acompanhando a situação destas cidades acima, bem como a de Cataguases. O coordenador da Defesa Civil no município, Alexandre Rodrigues, o Tico Tico, informou que o nível do rio Pomba está em 4,04 metros, o que faz aquele órgão a ficar em “estado de alerta”, conforme explicou. Até o fechamento desta matéria já havia chovido em Cataguases 110,8 milímetros nas últimas doze horas, mas aquele órgão continua informando que a maior preocupação são as áreas de encostas, que seguem sendo monitoradas permanentemente.

Tico Tico também desmentiu boatos que circulam nas redes sociais que as usinas ao redor de Cataguases teriam aberto suas comportas. Segundo ele, o que está acontecendo que é estas usinas não estão retendo mais água. Com isso o mesmo volume de água que entra é escoado naturalmente o que provoca um aumento no volume dos rios da região. Ele também revelou que esteve pessoalmente em Astolfo Dutra onde se encontrou com o coordenador da Defesa Civil daquela cidade para conhecer a situação local. Por fim, ele solicitou que as pessoas que considerarem estar em uma área de risco deixem suas casas até que um técnico responsável possa fazer uma vistoria no imóvel, o que não há previsão para este momento devido ao grande número de pedidos neste sentido, finalizou o coordenador da Defesa Civil de Cataguases.

A respeito da situação em Ubá, a Defesa Civil daquele município divulgou nota oficial informando que nas últimas doze horas choveu 98,4 milímetros e passou algumas informações relevantes para a população como o pedido para que as pessoas evitem sair às ruas e permanecerem em alerta porque ainda há previsão de mais chuva para as próximas horas. Além disso confirmou o registro de alagamentos em diversos pontos da cidade em decorrência do transbordamento do rio Ubá, como na Avenida Beira Rio, uma das principais. A foto ao lado mostra a água tomando conta da entrada do calçadão de Ubá (A foto foi enviada por um leitor).

Com informações da Defesa Civil de Ubá.


Temporal alaga ruas de Piraúba nesta madrugada de terça-feira

Temporal alaga ruas de Piraúba nesta madrugada de terça-feira

Uma chuva intensa que começou a cair sobre Piraúba na noite desta segunda-feira, 13 de janeiro, acabou provocando inundações e alagamentos na madrugada desta terça-feira, 14, em diversos locais. O ribeirão que leva o nome do município transbordou e atingiu algumas residências situadas nas imediações. Uma das principais avenidas, a Darcy Prata, foi interditada, na altura do Bairro Sossego, porque também ficou alagada. Continue lendo Temporal alaga ruas de Piraúba nesta madrugada de terça-feira


Cômodo de casa interditada pela Defesa Civil cai durante temporal

Cômodo de casa interditada pela Defesa Civil cai durante temporal

Um forte temporal caiu sobre Cataguases no começo da noite desta quarta-feira, 11 de dezembro, sem, aparentemente, causar muitos danos, conforme avaliação preliminar da Defesa Civil do município. Até o fechamento desta matéria somente um registro mais grave havia sido confirmado: um dos cômodos de uma casa que já estava interditada por aquele órgão caiu, mas sem vítimas. Além disso, apenas reclamações de buracos causados pela enxurrada e grande quantidade de lama em algumas ruas. Continue lendo Cômodo de casa interditada pela Defesa Civil cai durante temporal


Após temporal, Prefeitura de Ubá aciona Plano de Contingência

Após temporal, Prefeitura de Ubá aciona Plano de Contingência

A Prefeitura de Ubá acionou na tarde deste sábado, 26 de outubro, um Plano de Contingência – planejamento de medidas a serem adotados para ajudar a controlar uma situação de emergência – após uma forte chuva no município na noite de sexta-feira (25). Diversos pontos da cidade sofreram estragos como destelhamentos, desabamento de telhados, queda de árvores, queda de postes e de estruturas como placas. Os acidentes causaram obstruções na rede de fornecimento de energia elétrica. Continue lendo Após temporal, Prefeitura de Ubá aciona Plano de Contingência