“Árvore dos Araújos”, rodada em Piacatuba, estreia no Nickelodeon

“Árvore dos Araújos”, rodada em Piacatuba, estreia no Nickelodeon

A série infantil Árvore dos Araújos”, produção do Polo Audiovisual da Zona da Mata, com o elenco principal – as crianças – escolhido em Cataguases, estreou em 2019 para um canal público. O filme foi quase todo rodado em uma fazenda em Piacatuba, um belíssimo distrito de Leopoldina. Agora, um grande canal de TV por assinatura, o Nickelodeon, comprou os direitos para sua exibição que começa neste sábado, às 11h30min. Continue lendo “Árvore dos Araújos”, rodada em Piacatuba, estreia no Nickelodeon


Documentário “Humberto Mauro” mostra panorama da vida e obra do cineasta mineiro

Documentário “Humberto Mauro” mostra panorama da vida e obra do cineasta mineiro

Pioneiro do audiovisual brasileiro, Humberto Mauro conquistou o reconhecimento mundial com uma grande carreira entre as décadas de 1930 e 1960, quando produziu mais de 300 filmes, entre curtas, médias e longas metragens (foto acima), tornando-se um mestre para as gerações futuras por seu estilo único e criatividade para enfrentar desafios. Continue lendo Documentário “Humberto Mauro” mostra panorama da vida e obra do cineasta mineiro


Polo Audiovisual da Zona da Mata lança “Mostra Cine Fique em Casa”

Polo Audiovisual da Zona da Mata lança “Mostra Cine Fique em Casa”

O “Movimento ENERGIA DO BEM de Combate ao Coronavirus” e o Polo Audiovisual da Zona da Mata Minas Gerais lançam um canal de filmes na internet, exibidos gratuitamente. A Mostra CINE FIQUE EM CASA será hospedada na plataforma online www.poloaudiovisual.tv com dezenas de produções realizadas por diretores consagrados e uma nova geração de talentos, premiados em festivais no Brasil e no exterior. Continue lendo Polo Audiovisual da Zona da Mata lança “Mostra Cine Fique em Casa”


Governo do Estado reconhece Cataguases como Polo Audiovisual da Zona da Mata

Governo do Estado reconhece Cataguases como Polo Audiovisual da Zona da Mata

O Governo de Minas Gerais acaba de reconhecer o 50° Arranjo Produtivo Local (APL) do estado: é Cataguases, município agora certificado como APL Audiovisual da Zona da Mata mineira. O título pode não ser tão familiar, mas está muito presente na vida dos mineiros. Os APLs são aglomerados de empresas que atuam num mesmo segmento ou em setores relacionados que tornam um determinado local referência no assunto. São arranjos assim que fazem, por exemplo, a cidade de Barbacena ser reconhecida por suas floriculturas. O mesmo acontece com Santa Rita do Sapucaí, por seus eletrônicos, e Nova Serrana, por seus calçados. Continue lendo Governo do Estado reconhece Cataguases como Polo Audiovisual da Zona da Mata


“A vida é coisa que segue” é o grande vencedor do 7º Festival Ver e Fazer Filmes

“A vida é coisa que segue” é o grande vencedor do 7º Festival Ver e Fazer Filmes

O encerramento da sétima edição do Festival Ver e Fazer Filmes, na noite de sexta-feira, 22 de novembro, lotou o Centro Cultural Humberto Mauro. Marcaram presença várias pessoas ligadas ao audiovisual da região e de outros locais do país, além de representantes dos realizadores e apoiadores do evento e autoridades locais. O gestor do Polo Regional da Zona da Mata, César Piva, fez um balanço dos quatro dias de festival, que teve uma extensa programação de exibição de curtas-metragens para o público infanto-juvenil, duas exibições do longa-metragem “Maria do Caritó”, sendo uma em Cataguases e outra em Piacatuba, e que contou com a presença da protagonista do filme, a atriz Lília Cabral. Continue lendo “A vida é coisa que segue” é o grande vencedor do 7º Festival Ver e Fazer Filmes


Manhã dedicada ao público adolescente no Festival Ver e Fazer Filmes

Manhã dedicada ao público adolescente no Festival Ver e Fazer Filmes

O terceiro dia do Festival Ver e Fazer Filmes começou às 9h30min desta quinta-feira, 21 de novembro, dedicado aos adolescentes. Eles assistiram a quatro curtas metragens, inclusive de animação, com temáticas voltadas para a realidade em que vivem. A curadoria dos filmes é do diretor Marcos Pimentel que conforme disse, “garimpou” as obras mais relevantes “de forma muito criteriosa” para este momento, “com temática que eles vivenciam no dia-a-dia como meio ambiente, problemas familiares, inclusão social, racismo e intolerância”, revelou. Na sexta-feira, 22, esta Mostra exibe o documentário Lama, de Carlos Pronzatto e Richardson Pontone. Continue lendo Manhã dedicada ao público adolescente no Festival Ver e Fazer Filmes


Participantes e moradores assistem com Lília Cabral, em Piacatuba, ao filme Maria do Caritó

Participantes e moradores assistem com Lília Cabral, em Piacatuba, ao filme Maria do Caritó

Carinho e felicidade. Estas duas palavras talvez sejam a que melhor define a exibição do filme “Maria do Caritó” em Piacatuba, distrito de Leopoldina. A apresentação aconteceu na noite desta quarta-feira, 20 de novembro, na praça da Cruz Queimada, sob uma enorme tenda que ficou lotada por um público formado, em sua maioria, por participantes do longa. Nem o tempo chuvoso atrapalhou o evento que fez parte do segundo dia do Festival Ver e Fazer Filmes. Lília Cabral, a protagonista da obra, esteve lá, conversou com muitos dos que atuaram com ela no filme a quem chamou de “colegas de trabalho”. Continue lendo Participantes e moradores assistem com Lília Cabral, em Piacatuba, ao filme Maria do Caritó


Atriz Lilia Cabral vem a Cataguases para lançar filme rodado na cidade

Atriz Lilia Cabral vem a Cataguases para lançar filme rodado na cidade

Destaque na programação do 7º Festival Ver e Fazer Filmes, a comédia “Maria do Caritó”, estrelada por Lilia Cabral, terá duas sessões especiais com presença da protagonista: em Cataguases, no dia 19 de novembro, e em Piacatuba, no dia 20. Continue lendo Atriz Lilia Cabral vem a Cataguases para lançar filme rodado na cidade


Começa dia 19 e vai até 22 de novembro o 7º Festival Ver e Fazer Filmes

Começa dia 19 e vai até 22 de novembro o 7º Festival Ver e Fazer Filmes

O evento promove mostras de filmes com temática diferenciada para crianças, jovens e o público em geral; exibe pela primeira vez o filme “Maria do Caritó” realizado no Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais e já sucesso nos cinemas nacionais; revela o talento de realizadores locais com exibição e premiação de seus curtas-metragens; anuncia o resultado do Edital COINVESTIMENTOS REGIONAIS, que irá potencializar a produção audiovisual na região mineira; e promove dois fóruns temáticos envolvendo escolas e agentes públicos. Continue lendo Começa dia 19 e vai até 22 de novembro o 7º Festival Ver e Fazer Filmes


Cataguases concorre a título de Cidade Criativa pela Unesco

Cataguases concorre a título de Cidade Criativa pela Unesco

A Energisa sempre acreditou na cultura como papel transformador nas comunidades onde estão inseridas, por isso investe e apoia projetos para promoção da cultura e desenvolvimento econômico social dessas comunidades. Em Cataguases, sede do Grupo Energisa, não é diferente. A cidade está concorrendo com três capitais brasileiras para ingressar na Rede de Cidades Criativas da Unesco no segmento cinema. A candidatura é um reconhecimento da nova vocação audiovisual da região, retomada nos últimos anos pelo Polo Audiovisual da Zona da Mata, fundado há dez anos e patrocinado pelo Grupo Energisa. O Polo Audiovisual da Zona da Mata é o maior do interior do Brasil, somando 44 produções de 2008 a 2020 e com R$ 34,5 milhões em investimentos. O impacto econômico para a região soma R$ 71,5 milhões, incluindo a contratação de mais de 2,3 mil pessoas. O resultado será divulgado no fim deste mês de outubro. Continue lendo Cataguases concorre a título de Cidade Criativa pela Unesco