Sebrae na sua Empresa prevê atender 70 mil pequenos negócios

Sebrae na sua Empresa prevê atender 70 mil pequenos negócios

Em seis anos, quase 400 mil pequenos negócios mineiros foram atendidos pelo Programa Sebrae na sua Empresa. Neste período, atendentes do Sebrae Minas foram pessoalmente até as empresas para realizar diagnóstico do empreendimento e oferecer sugestões de como aprimorar a gestão de cada negócio. Para este ano, a previsão é atender 69.600 Micro e Pequenas Empresas (MPE) e Microempreendedores Individuais (MEI) de norte a sul do estado. A meta de atendimento prevista para a região da Zona da Mata e Vertentes é de 10.650 empresas. Os interessados em receber a visita do Sebrae Minas poderão solicitar o atendimento gratuito pelo 0800 570 800.

O programa de atendimento personalizado surgiu para suprir uma demanda identificada pelo Sebrae em todo o país. Foi constatado que muitos empreendedores não procuravam as agências de atendimento do Sebrae por desconhecer os serviços oferecidos. Outra razão era a dificuldade que eles têm para se ausentarem de suas empresas, sobretudo os que são MEI. A solução foi levar o Sebrae até o empreendimento, surgindo, assim, o programa de atendimento ativo, que em cada estado está formatado de acordo com as características do público local.

Para o gerente regional do Sebrae Minas João Roberto Marques Lobo, o programa permite ao empresário ter uma visão maior sobre a gestão da sua empresa. “A intenção é que se levante os pontos de melhoria necessários a serem aplicados na parte que se encontra com maior deficiência de controle no empreendimento. O foco é o olhar naquilo que ainda falta para melhorar a gestão da empresa. Depois deste levantamento, encaminhamos para o empresário nossa percepção e propomos a ele ações que possam ajudar nesta melhoria”, ressalta.

O Sebrae na sua Empresa tem a participação de cerca de 170 atendentes espalhados por todo o estado. Na regional Zona da Mata e Vertentes, os atendimentos ocorrerão nas microrregiões: Barbacena, Cataguases, Juiz de Fora, Manhuaçu, Muriaé, Ponte Nova, São João del-Rei, Ubá e Viçosa. Durante a visita, são coletados dados cadastrais da empresa e do empreendedor, informações sobre a gestão da empresa nas áreas de finanças, mercado, pessoas, inovação e sustentabilidade. Com o diagnóstico são identificadas possibilidades de melhorias e apresentadas, gratuitamente, as soluções que podem contribuir para resultados mais expressivos.

Além disso, o participante recebe um material exclusivo com dicas de gestão específicas voltadas para as atividades de alimentação fora do lar, açougue, minimercado, loja de autopeças, oficina mecânica, salão de beleza, varejo da moda, loja de material de construção, farmácia, padaria e mercado pet. Desde 2015, 393 mil empreendimentos foram atendidos pelo programa. O objetivo é dar mais comodidade ao empreendedor e unir teoria e prática que ampliem a competitividade dos pequenos negócios.

Fonte: Sebrae-MG | Texto: Luciana Grillo | Foto: Internet