Termina nesta terça prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda

Termina nesta terça prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda

Até as 13h de hoje, 27.080.873 declarações do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) 2020 foram recebidas pelos sistemas da Receita Federal. Faltando um dia para o fim do prazo, 5 milhões de contribuintes ainda não entregaram a declaração. A Receita espera receber este ano 32 milhões de documentos. Continue lendo Termina nesta terça prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda


Prefeitura de Leopoldina retoma atendimento presencial segunda-feira

Prefeitura de Leopoldina retoma atendimento presencial segunda-feira

A Prefeitura de Leopoldina informou que o atendimento presencial nas repartições públicas da cidade retornam a partir desta segunda-feira, 1º de junho. De acordo com o decreto publicado pelo Executivo no último dia 27 de maio, o horário de expediente será das 7h às 11h e de 12h Às 16h. Continue lendo Prefeitura de Leopoldina retoma atendimento presencial segunda-feira


Vereador contesta vídeo divulgado pela prefeitura de Cataguases

Vereador contesta vídeo divulgado pela prefeitura de Cataguases

O vereador Marcos da Costa Garcia, mais conhecido como Marquinhos do Açougue, reagiu com indignação ao vídeo divulgado pela Prefeitura de Cataguases, onde o Secretário Municipal de Fazenda, Mauro Fachini, afirma que o projeto de lei de autoria daquele vereador impõe renúncia de receita aos cofres do município. O referido projeto, aprovado recentemente por treze votos a favor, impede, na prática, o Executivo de cobrar em Cartório dívidas dos contribuintes inferiores a R$ 1 mil, mas não se trata, conforme salienta Marquinhos, “perdão de dívida.”

– Quem deve ao município menos de um mil reais não será mais cobrado em Cartório, porque por este meio, uma dívida de R$577,37 quando vai a protesto sobe para R$ 698,72, e tem que ser paga de uma só vez, pois não pode ser parcelada”, explica aquele vereador. “O que propusemos com o nosso projeto de lei é um valor mínimo de dívida para ser levada ao Cartório premiando a população de baixa renda, uma vez que desta forma, caberá à Prefeitura buscar novas formas de cobrança privilegiando a negociação e a busca de acordo com o devedor que tem menor poder aquisitivo”, completou Marquinhos.

Aquele vereador afirmou que o vídeo divulgado por Mauro Fachini “manipula e distorce o teor de um projeto de lei em que trabalhamos com dedicação em sua criação, sempre pensando e pautando o resultado que ele vai produzir em benefício da população de Cataguases”, acrescentando em seguida: “Não há como falar que o município irá deixar de arrecadar 40% com essa lei, pois a prefeitura irá continuar cobrando, porém, de forma justa, com valor justo, e com possibilidade de parcelamento, o que facilita muito para quem deve, especialmente os mais pobres, a quem este nosso projeto de lei quer proteger”, finaliza Marquinhos.

Veja o vídeo divulgado pela prefeitura após a reprodução de uma cobrança em cartório feita a um contribuinte..