Em 09/08/2018 às 10h00

Homem condenado por estupro em Cataguases é preso em Leopoldina

Ele é suspeito de ter cometido outro estupro em 2012, quando cumpria pena no regime semiaberto

Foragido desde 2012 o homem (no detalhe na foto) condenado por estupro em Cataguases retornou para a prisão

Foragido desde 2012 o homem (no detalhe na foto) condenado por estupro em Cataguases retornou para a prisão

Download
A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio de sua equipe em Leopoldina, prendeu na tarde desta quarta-feira, 08 de agosto, um homem de 54 anos de idade, que estava foragido da justiça após ter sido condenado por estupro na Comarca de Cataguases. A operação contou com a participação da Polícia Militar. J.C.V. cometeu o crime em Cataguases em 2001 e deveria estar cumprindo pena, porém, em 2012 ele obteve o benefício do regime semiaberto e, de acordo com a Polícia Civil, teria estuprado outra pessoa naquele mesmo ano e não retornou mais à prisão, conforme informações fornecidas por aquela Delegacia de Polícia.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



De acordo com o Boletim de Ocorrência alusivo a prisão do condenado, foi apreendida uma motocicleta Honda, modelo Turuna, 125cc, vermelha, com placa de Cataguases, que foi levada ao pátio credenciado do Detran-MG daquela cidade. Ainda conforme aquele registro, o mandado de prisão contra ele foi expedido em 2012, pelo então juiz de Direito da Vara Criminal, Maurício José Pirozzi. Ainda segundo a Polícia Civil, a prisão do condenado somente foi possível porque uma equipe de investigadores monitorava o suspeito desde o último domingo (5). Após ser preso J.C.V. foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil daquela cidade onde prestou depoimento e conduzido para o presídio de Cataguases.

A operação que resultou na prisão de J.C.V. contou com a participação dos policiais militares sargento Ednilson Inocêncio Carvalho e do cabo Eduardo Duarte de Sales. Pela Polícia Civil atuaram os investigadores, Antônio Carlos Silveira, Victor Oliveira Abritta, Gustavo Roberti Teixeira, Maycon de Freitas Meira e Lucas Werneck Tavares. O trabalho foi coordenado pelo delegado regional Carlos Eduardo Santos Rodrigues. 

Tags: estupro, foragido, prisão, crime





Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!

desenvolvido por: