18/01/2017 às 16h57m


Cuide do seu amor

No dicionário uma das definições de relacionar é estabelecer relação ou analogia entre coisas diferentes.
Conviver com as diversidades exige empenho. 
O fato de amar o outro não suplanta as diferenças, por vezes sutis, que tanto dificultam o romance. Viver a dois exige extrema dedicação. Amar pede além do amor.
Tantos parceiros solicitam frontalidade quando eles próprios não se encaram no espelho. Pedem verdade que são incapazes de oferecer.
Relacionamento é uma via de mão dupla. Quando há acesso obstruído e um dos dois continua tentando prosseguir, sempre encontra um atalho em forma de desculpas, enganando a si mesmo, porque o amor é teimoso. Mas o esforço constante esgota o ânimo daquele que luta para manter o caminho a dois transitável. Um belo dia, quem garimpava gretas, cansa-se, e o fluxo é definitivamente interrompido. É chegado o fim.
Amor não sobrevive no vácuo. Perde o viço por falta de alimento.
Se o outro gosta de sentir-se importante para você, porque não fazer com que você também se sinta especial?
Ninguém é dotado de um reservatório que lhe permita só doar sem beneficiar-se. E, se para receber for necessário cobrar, é o fim anunciado, ainda que demore a acontecer. 
As diferenças para sempre existirão, mas há coisas que são básicas – quem se dedica quer dedicação. Existem certas obviedades no amor.
É preciso levantar os olhos para além do próprio umbigo. 
Quando quem resistiu anos empenhados em uma relação unilateral  diz "findou-se" é inevitável o fim. Por anos esteve de lupa em punho, perseguindo frestas para a luz entrar, abrindo fendas por onde passar, mantendo viva a relação de um só, teimando crer que era dos dois. No amor, sozinho, nunca se vai longe. 
Todos estão preparados para ser amados, mas nem todos estão para amar.
Se aqui você se sente assim, pare de adubar solo infértil. Siga por uma via de mão dupla. Você vai encontrar alguém vindo em sua direção.
Caso você tenha uma feliz  história de amor, fique atento. Não caia na cilada do hábito e do tempo. Nada resiste à falta de cuidado. Nunca haverá garantia, nem terreno totalmente sólido. Nada  permanece para sempre seu, a não ser que você se dedique para isso.
Gestos dizem muito... Palavras bem menos.
Não importa se você não gosta de dar flores, dê colo.
Como cantam por aí: 
"Cuide bem do seu amor
Seja quem for..."


Autor: Marcela Gonçalves de Sousa

Tags relacionadas: cuidado - amor - sentimento


Compartilhe:



Todos os direitos reservados a Marcelo Lopes - www.marcelolopes.jor.br
Proibida cópia de conteúdo e imagens sem prévia autorização!
  • Faça Parte!

desenvolvido por: